Lista de Exercícios Resolvidos: Java | Python | VisuAlg | Portugol | C | C# | VB.NET | C++
Você está aqui: VB.NET ::: Desafios e Lista de Exercícios Resolvidos ::: Laços

Como converter de binário para decimal em VB.NET usando o laço for - Desafio de Programação Resolvido em VB.NET

Quantidade de visualizações: 186 vezes
Pergunta/Tarefa:

Escreva um programa VB.NET que usa o laço for para converter um número binário (como uma String) em sua representação decimal (como um int). Peça ao usuário para informar um número binário e mostre o mesmo em decimal (como um int). Sua solução deve obrigatoriamente usar o laço for.

Sua saída deverá ser parecida com:

Informe um número binário: 1100
A representação decimal do valor binário 1100 é 12
Resposta/Solução:

Veja a resolução comentada deste exercício usando VB.NET:

Imports System

Module Program
  ' função principal do programa VB.NET
  Sub Main(args As String())
    ' vamos ler o número binário (como uma String)
    Console.Write("Informe um número binário: ")
    Dim binario As String = Console.ReadLine()
    Dim n_decimal As Integer = 0 ' guarda a representação Decimal

    ' vamos percorrer todos os dígitos do número binário começando do início
    Dim expoente As Integer = binario.Length - 1
    For i = 0 To binario.Length - 1
      ' converte o caractere atual para inteiro
      Dim temp As Integer = CInt(Char.GetNumericValue(binario(i)))
      n_decimal = n_decimal + (temp * CInt(Math.Pow(2, expoente)))
      ' reduz o expoente em 1
      expoente = expoente - 1
    Next

    ' agora mostramos o resultado
    Console.WriteLine("A representação decimal do valor binário " _
      & binario & " é " & n_decimal)

    Console.WriteLine(vbCrLf & "Pressione qualquer tecla para sair...")
    ' pausa o programa
    Console.ReadKey()
  End Sub

End Module


Link para compartilhar na Internet ou com seus amigos:

Java ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como converter uma string para letras maiúsculas usando o método toUpperCase() da classe String da linguagem Java

Quantidade de visualizações: 17203 vezes
Nesta dica eu mostro como podemos usar o método toUpperCase() da classe String para transformar em maiúsculas todas as letras de uma palavra, frase ou texto.

Veja o exemplo abaixo:

package arquivodecodigos;

public class Estudos{
  public static void main(String[] args){
    String frase = "Programar em Java é bom";
    System.out.println(frase); 
    
    // vamos converter para letras maiúsculas
    frase = frase.toUpperCase();
     
    System.out.println(frase);
     
    System.exit(0);
  }
}  

Ao executarmos este código nós teremos o seguinte resultado:

Programar em Java é bom
PROGRAMAR EM JAVA É BOM


Java ::: Desafios e Lista de Exercícios Resolvidos ::: Data e Hora

Exercícios Resolvidos de Java - Datas e horas - Escreva um programa Java que mostre a hora atual no formato HH:MM:SS

Quantidade de visualizações: 2662 vezes
Exercício Resolvido de Java - Datas e horas - Escreva um programa Java que mostre a hora atual no formato HH:MM:SS

Pergunta/Tarefa:

Escreva um programa Java console que mostre a hora atual no formato HH:MM:SS, ou seja, algo parecido com 23:43:15.

Dica: Você pode usar várias classes Java para obter a hora atual. Não precisa se prender à classe que usei na resolução do exercício.

Sua saída deverá ser parecida com:



Resposta/Solução:

package arquivodecodigos;

import java.time.LocalDateTime;
import java.time.format.DateTimeFormatter;

public class Estudos{
  public static void main(String[] args){
    DateTimeFormatter dtf = DateTimeFormatter.ofPattern("HH:mm:ss");  
    LocalDateTime agora = LocalDateTime.now();  
    System.out.println("A hora atual é: " + dtf.format(agora));
  }
}



Java ::: Classes e Componentes ::: JTable

Java Swing - Como obter a quantidade de colunas em uma JTable usando o método getColumnCount()

Quantidade de visualizações: 8251 vezes
Nesta dica mostrarei como é possível contar as colunas de uma JTable com uma chamada ao método getColumnCount() da interface TableModel, que representa os dados contidos na tabela. Note que, neste exemplo, eu escrevi toda a aplicação Java Swing "na unha", ou seja, sem nenhum editor visual. Esta técnica é boa para entender todas as partes que compoem uma aplicação Java Swing.

Veja o código completo:

package arquivodecodigos;

import javax.swing.*;
import java.awt.*;
import java.awt.event.*;
 
public class Estudos extends JFrame{
  public Estudos(){
    super("Exemplo de uma tabela simples");
         
    // colunas da tabela
    String[] colunas = {"Cidade", "Estado", "Habitantes"};
         
    // conteúdo da tabela
         
    Object[][] conteudo = {
        {"Goiânia", "GO", "43.023.432"},
        {"São Paulo", "SP", "5.343.234"},
        {"Rio de Janeiro", "RJ", "6.434.212"},
        {"Jussara", "GO", "87.454"},
        {"Barra do Garças", "MT", "64.344"}
    };
         
    // constrói a tabela
    final JTable tabela = new JTable(conteudo, colunas);
    tabela.setPreferredScrollableViewportSize(
      new Dimension(350, 50));
     
    Container c = getContentPane();
    c.setLayout(new FlowLayout());
         
    JButton btn = new JButton("Número de Colunas");
    btn.addActionListener(
      new ActionListener(){
        public void actionPerformed(ActionEvent e){
          JOptionPane.showMessageDialog(null,
            "Quantidade de colunas: " + 
            tabela.getModel().getColumnCount(), 
            "JTable", JOptionPane.INFORMATION_MESSAGE);  
        }
      }
    );
         
    JScrollPane scrollPane = new JScrollPane(tabela);
    c.add(scrollPane);
    c.add(btn);
         
    setSize(400, 300);
    setVisible(true);
  }
     
  public static void main(String args[]){
    Estudos app = new Estudos();
    app.setDefaultCloseOperation(JFrame.EXIT_ON_CLOSE);
  }
}

Ao executar este exemplo e clicar no botão nós veremos uma mensagem JOptionPane.showMessageDialog() com o seguinte texto:

Quantidade de colunas: 3


Python ::: Dicas & Truques ::: Lista (List)

Como adicionar itens ao final de uma lista de inteiros em Python usando a função append()

Quantidade de visualizações: 8226 vezes
O método append() é usado quando queremos adicionar um novo elemento no final de uma list Python. Esta função aceita qualquer tipo de elemento, ou seja, uma string, um number, um object, etc.

Veja um exemplo de seu uso no trecho de código a seguir:

"""
  Este exemplo mostra como adicionar itens ao
  fim de uma lista de inteiros.
"""
def main():
  # cria uma lista vazia
  valores = []

  # início do laço for
  for i in range(1, 6):
    valor = int(input("Informe um inteiro: "))

    # insere o valor no final da lista
    valores.append(valor)

  # exibe os valores da lista
  print("Valores na lista:", valores, "\n")
    
if __name__== "__main__":
  main()

Ao executar este código Python nós teremos o seguinte resultado:

Informe um inteiro: 7
Informe um inteiro: 2
Informe um inteiro: 9
Informe um inteiro: 3
Informe um inteiro: 6
Valores na lista: [7, 2, 9, 3, 6]


Java ::: Pacote java.lang ::: StringBuffer

Curso completo de Java - Como usar a classe StringBuffer da linguagem Java

Quantidade de visualizações: 8677 vezes
A classe StringBuffer, no pacote java.lang, representa uma sequencia de caracteres mutável e segura em relação a threads. Um objeto StringBuffer é parecido com uma String, com a diferença que um StringBuffer pode ser modificado in-place, ou seja, modificações em seu conteúdo não geram uma nova cópia, como acontece com objetos da classe String.

Veja a posição desta classe na hierarquia de classes Java:

java.lang.Object
  java.lang.StringBuffer
A classe StringBuffer implementa as interfaces Serializable, Appendable e CharSequence.

A qualquer momento um StringBuffer contém uma sequencia de caracteres em particular, mas o tamanho e o conteúdo da sequencia pode ser alterado por meio de certas chamadas de métodos.

Objetos StringBuffer são seguros para acesso em um ambiente de múltiplas threads. Os métodos são sincronizados (synchronized) onde necessário de forma a garantir que todas as operações em uma instância em particular se comportem como se estivessem em ordem serial, ou seja, sejam consistentes com a ordem das chamadas de métodos feitas por cada uma das threads envolvidas.

As operações principais de um StringBuffer são os métodos append() e insert(), que são sobrecarregados para aceitar dados de qualquer tipo. Cada um destes métodos converte a informação fornecida em string e então acrescenta ou insere os caracteres desta string no string buffer. O método append() sempre adiciona os caracteres no final do buffer. O método insert(), por sua vez, adiciona os caracteres em um determinado ponto.

Por exemplo, se z se refere a um objeto string buffer cujo conteúdo é "start", então a chamada de método z.append("le") faria com que o string buffer tivesse agora ""startle"", enquanto z.insert(4, "le") alteraria o conteúdo do string buffer para "starlet".

Em geral, se sb se refere a uma instância de StringBuffer, então sb.append(x) tem o mesmo efeito que sb.insert(sb.length(), x).

Sempre que uma operação ocorre envolvendo uma sequencia de fonte (por exemplo, adicionar ou inserir a partir de uma outra sequencia), esta classe sincroniza somente o string buffer no qual a operação está sendo feita.

Todo string buffer possui uma capacidade (capacity). Enquanto o comprimento da sequencia de caracteres contida no string buffer não exceder a capacidade do mesmo, não há necessidade de alocar uma nova matriz interna de buffer. Se o buffer interno for sobrecarregado, ele será automaticamente expandido. A partir do Java 5, esta classe foi suplementada com uma classe equivalente criada para o uso em ambiente de thread única: StringBuilder. A classe StringBuilder deve ser usada em vez de StringBuffer, uma vez que ela suporta as mesmas operações mas é mais rápida por não executar sincronização.


Desafios, Exercícios e Algoritmos Resolvidos de Java

Veja mais Dicas e truques de Java

Dicas e truques de outras linguagens

Códigos Fonte

Programa de Gestão Financeira Controle de Contas a Pagar e a Receber com Cadastro de Clientes e FornecedoresSoftware de Gestão Financeira com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - Inclui cadastro de clientes, fornecedores e ticket de atendimento
Diga adeus às planilhas do Excel e tenha 100% de controle sobre suas contas a pagar e a receber, gestão de receitas e despesas, cadastro de clientes e fornecedores com fotos e histórico de atendimentos. Código fonte completo e funcional, com instruções para instalação e configuração do banco de dados MySQL. Fácil de modificar e adicionar novas funcionalidades. Clique aqui e saiba mais
Controle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidadesControle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidades
Tenha o seu próprio sistema de controle de estoque web. com cadastro de produtos, categorias, fornecedores, entradas e saídas de produtos, com relatórios por data, margem de lucro e muito mais. Código simples e fácil de modificar. Acompanha instruções para instalação e criação do banco de dados MySQL. Clique aqui e saiba mais

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: Python
3º lugar: C#
4º lugar: PHP
5º lugar: Delphi
6º lugar: C
7º lugar: JavaScript
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: Ruby

Anúncio Patrocinado
Chat de Sexo - Site para adultso - Maiores de 18 anos. Converse com pessoas de todo o Brasil, de forma discreta e anônima


© 2024 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados
Neste momento há 8 usuários muito felizes estudando em nosso site.