C - Dicas & Truques - Strings e Caracteres

Mais Dicas e Truques de Programação

Python ::: Lista de Exercícios Resolvidos (Algorítmos Resolvidos) ::: Python Básico

Exercícios Resolvidos de Python - Python Básico - Ler um número inteiro na faixa 0-999 e mostrar a soma de seus dígitos

Quantidade de visualizações: 805 vezes
Exercício Resolvido de Python - Python Básico - Ler um número inteiro na faixa 0-999 e mostrar a soma de seus dígitos

Pergunta/Tarefa:

Escreva um programa Python console ou GUI que leia um inteiro na faixa 0-999 e mostre a soma de seus dígitos. Por exemplo, se o valor for 523, a soma de seus dígitos será 5 + 2 + 3 = 10. Lembre-se que você deverá usar apenas os operadores matemáticos e o operador de módulo (%). Seu programa deverá exibir a seguinte saída:

Informe um valor de 0 até 999: 821
A soma dos dígitos é: 11
Resposta/Solução:

Veja a resolução comentada deste exercício usando Python console:

# função principal do programa
def main():
  # vamos solicitar ao usuário que informe um valor inteiro
  # na faixa 0 a 999 (incluindo)
  valor = int(input("Informe um valor de 0 até 999: "))
  
  # vamos verificar se o valor está na faixa permitida
  if(valor < 0 or valor > 999):
    print("Valor fora da faixa permitida")
  else:
    # vamos obter o terceiro dígito
    terceiro = valor % 10
    # obtém os digitos restantes
    valor = valor // 10
 
    # vamos obter o segundo dígito
    segundo = valor % 10
    # obtém os digitos restantes
    valor = valor // 10
 
    # vamos obter o primeiro dígito
    primeiro = valor % 10
    # obtém os digitos restantes
    valor = valor // 10
 
    # vamos obter a soma dos dígitos
    soma = terceiro + segundo + primeiro
 
    # vamos mostrar o resultado
    print("A soma dos dígitos é:", soma)
  
if __name__== "__main__":
  main()



Delphi ::: Dicas & Truques ::: Trigonometria - Funções Trigonométricas

Como calcular o cosseno de um número ou ângulo em Delphi usando a função Cos()

Quantidade de visualizações: 275 vezes
Em geral, quando falamos de cosseno, estamos falando do triângulo retângulo de Pitágoras (Teorema de Pitágoras). A verdade é que podemos usar a função cosseno disponível nas linguagens de programação para calcular o cosseno de qualquer número, mesmo nossas aplicações não tendo nenhuma relação com trigonometria.

No entanto, é sempre importante entender o que é a função cosseno. Veja a seguinte imagem:



Veja que temos um triângulo retângulo com as medidas já calculadas para a hipotenusa e os dois catetos, assim como os ângulos entre eles.

Assim, o cosseno é a razão entre o cateto adjascente e a hipotenusa, ou seja, o cateto adjascente dividido pela hipotenusa. Veja a fórmula:

\[\text{Cosseno} = \frac{\text{Cateto adjascente}}{\text{Hipotenusa}} \]

Então, se dividirmos 30 por 36.056 (na figura eu arredondei) nós teremos 0.8320, que é a razão entre o cateto adjascente e a hipotenusa (em radianos).

Agora, experimente calcular o arco-cosseno de 0.8320. O resultado será 0.5881 (em radianos). Convertendo 0.5881 radianos para graus, nós obtemos 33.69º, que é exatamente o ângulo em graus entre o cateto adjascente e a hipotenusa na figura acima.

Pronto! Agora que já sabemos o que é cosseno na trigonometria, vamos entender mais sobre a função cos() da linguagem Delphi. Esta função, incorporada por padrão à linguagem, recebe um valor numérico (Extended) e retorna um valor Extended, ou seja, também numérico) entre -1 até 1 (ambos inclusos). Veja:

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
begin
  Memo1.Lines.Add('Cosseno de 0 = ' + FloatToStr(Cos(0)));
  Memo1.Lines.Add('Cosseno de 1 = ' + FloatToStr(Cos(1)));
  Memo1.Lines.Add('Cosseno de 2 = ' + FloatToStr(Cos(2)));
end;

Ao executar este código Delphi nós teremos o seguinte resultado:

Cosseno de 0 = 1
Cosseno de 1 = 0,54030230586814
Cosseno de 2 = -0,416146836547142

Note que calculamos os cossenos dos valores 0, 1 e 2. Observe como os resultados conferem com a curva da função cosseno mostrada abaixo:




JavaScript ::: ECMAScript 5 - JavaScript 5 - ES5 - ECMAScript 2009 ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Vetores e matrizes em JavaScript - Como usar o método forEach() do JavaScript para chamar uma função de callback para os elementos individuais de um array

Quantidade de visualizações: 878 vezes
O método forEach(), adicionado à linguagem JavaScript por meio do ECMAScript 5 (JavaScript 5, ECMAScript 2009, ES5) é usado quando queremos acessar os elementos de um vetor individualmente e chamar, para cada um deles, uma função de callback personalizada.

Veja no trecho de código abaixo como usar a função forEach() para obter a soma de todos os elementos maiores ou iguais a 20:

<script type="text/javascript">
  function obterSoma(valor, indice, vetor){
    if(valor >= 20){
      soma = soma + valor;
    }
  }  

  var valores = new Array(21, 5, 30, 7, 12, 3);
  // vamos obter a soma dos valores maiores ou iguais a 20
  var soma = 0;
  // percorremos os elementos do vetor individualmente
  valores.forEach(obterSoma);  
  window.alert("A soma é: " + soma);
</script>

Uma função passada para o método forEach() pode conter os seguintes argumentos (nessa mesma ordem):

a) O valor do item;
b) O índice do item (opcional);
c) O vetor a partir do qual o método forEach() está sendo chamado (opcional).

Veja mais um código no qual obtemos a soma dos elementos cujos valores sejam maiores que seu antecessor (com exceção do primeiro elemento):

<script type="text/javascript">
  function obterSoma(valor, indice, vetor){
    if(indice == 0){
      soma = soma + valor;
    }
    else{
      if(valor > vetor[indice - 1]){
        soma = soma + valor;  
      } 
    }
  }  

  var valores = new Array(8, 5, 30, 7, 12, 3);
  // vamos dos elementos cujos valores sejam   
  // maiores que seu antecessor (com exceção do
  // primeiro elemento)
  var soma = 0;
  // percorremos os elementos do vetor individualmente
  valores.forEach(obterSoma);  
  window.alert("A soma é: " + soma);
</script>

O resultado será 50, pois obtemos a soma dos valores 8, 30 e 12.


Delphi ::: Dicas & Truques ::: Matemática e Estatística

Como obter o resultado de uma divisão de inteiros, incluindo o resto, usando a procedure DivMod() do Delphi

Quantidade de visualizações: 13850 vezes
Em algumas situações precisamos obter o resultado de uma divisão de inteiros e gostaríamos de obter também o resto da divisão, ou seja, se dividirmos 10 por 3 o resultado será 3 (3 x 3 = 9) e o resto será 1.

A procedure DivMod(), presente na unit Math nos permite fazer isso. Ela requer quatro argumentos:

procedure DivMod(Dividend: Integer; Divisor: Word; 
  var Result, Remainder: Word);

Veja que fornecemos o dividendo e o divisor como Integer e Word mas, as variáveis que receberão o resultado e o resto da divisão deverão ser passadas por referência. Veja um exemplo:

procedure TForm2.Button1Click(Sender: TObject);
var
  dividendo, divisor: Integer;
  resultado, resto: Word;
begin
  // uses Math

  // vamos dividir 10 por 3
  dividendo := 10;
  divisor := 3;
  DivMod(dividendo, divisor, resultado, resto);

  // vamos exibir o resultado
  ShowMessage('Resultado da divisão: ' + IntToStr(resultado));

  // vamos exibir o resto
  ShowMessage('Resto da divisão: ' + IntToStr(resto));
end;

Note que DivMod() realiza seu trabalho e guarda os resultados nas variáveis resultado e resto, que, como vimos na assinatura da procedure, devem ser fornecidas por referência.

Para fins de compatibilidade, esta dica foi escrita usando Delphi 2009.


Python ::: Fundamentos da Linguagem ::: Estruturas de Controle

Como criar um laço while() infinito na linguagem Python

Quantidade de visualizações: 8443 vezes
Nesta dica eu mostrarei como é possível criar um laço (loop) while infinito em Python. Esta técnica é útil para as situações nas quais queremos interagir com o usuário do nosso programa até que um determinado valor seja informado.

No exemplo abaixo temos um laço while() que será executado até que o texto "fim" seja informado pelo usuário.

Veja o código completo:

def main():
  while True:
    frase = input("Digite uma frase: ");
    print("Você digitou: ", frase)
 
    # vamos sair do laço
    if frase == "fim":
      print("Você acaba de sair do laço while()")
      break
 
if __name__== "__main__":
  main()

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

Digite uma frase: Estou estudando Python
Você digitou: Estou estudando Python
Digite uma frase: Preciso viajar amanhã
Você digitou: Preciso viajar amanhã
Digite uma frase: fim
Você digitou: fim
Você acaba de sair do laço while()


Java ::: Dicas & Truques ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Como criar e inicializar um vetor de strings em Java

Quantidade de visualizações: 43237 vezes
Nesta dica mostrarei como podemos declarar, criar e inicializar os valores dos elementos de um array (vetor) de strings na linguagem Java. Em seguida nós usaremos o laço for melhorado do Java para exibir os elementos do vetor.

Veja o código completo para o exemplo:

public class Estudos{
  public static void main(String[] args){
    // cria um array de cinco elementos
    String[] pessoas = {"Fábio", "Fernanda", 
      "Francisco", "João", "Osmar"};
	  
    // exibe os valores usando o for 
    // melhorado (enhanced for loop) da
    // versão 5.0
    for(String pessoa: pessoas){
      System.out.println(pessoa);
    }
	  
    System.exit(0);
  }
}

Ao executar este código Java nós teremos o seguinte resultado:

Fábio
Fernanda
Francisco
João
Osmar

Lembre-se de que vetor e array são as mesmas coisas. Em algumas situações, um array pode também ser chamado de matriz.


Java ::: Java para Engenharia ::: Geometria Analítica e Álgebra Linear

Como calcular o produto escalar entre dois vetores usando Java - Geometria Analítica e Álgebra Linear usando Java

Quantidade de visualizações: 918 vezes
O produto escalar (em inglês: dot product) entre dois vetores é um número real que relaciona o comprimento desses dois vetores e o ângulo formado por eles. É importante notar que alguns autores se referem ao produto escalar como produto interno.

Obtém-se o produto escalar entre dois vetores, no R2, ou três vetores, no R3, por meio da fórmula a seguir (assumindo dois vetores __$\vec{u} = (a, b)__$ e __$\vec{v} = (c, d)__$ no R2).

\[\vec{u} \cdot \vec{v} = a \cdot c + b \cdot d \]

Vamos agora a um exemplo prático. Veja a imagem abaixo, na qual temos dois vetores, com suas coordenadas e magnitudes (módulo, comprimento ou norma):



Note que ambos os vetores possuem como origem as coordenadas (0, 0). O primeiro vetor possui as coordenadas finais (4, 10) e magnitude 11, e o segundo vetor possui as coordenadas finais (11, 6) e magnitude 13. Magnitude é o tamanho do vetor, ou seja, seu comprimento, seu módulo ou norma.

Veja agora o código Java completo que lê as coordenadas dos dois vetores e calcula e mostra o produto escalar entre eles:

package arquivodecodigos;

import java.util.Scanner;

public class Estudos{
  public static void main(String[] args){
    Scanner entrada = new Scanner(System.in);
    
    // x e y do primeiro vetor
    System.out.print("Coordenada x do primeiro vetor: ");
    float x1 = Float.parseFloat(entrada.nextLine());
    System.out.print("Coordenada y do primeiro vetor: ");
    float y1 = Float.parseFloat(entrada.nextLine());
    
    // x e y do segundo ponto
    System.out.print("Coordenada x do segundo vetor: ");
    float x2 = Float.parseFloat(entrada.nextLine());
    System.out.print("Coordenada y do segundo vetor: ");
    float y2 = Float.parseFloat(entrada.nextLine());    
    
    // vamos calcular o produto escalar
    float pEscalar = (x1 * x2) + (y1 * y2);
    
    // mostramos o resultado
    System.out.println("O produto escalar é: " + pEscalar);
  }
}

Ao executar este código Java nós teremos o seguinte resultado:

Coordenada x do primeiro vetor: 4
Coordenada y do primeiro vetor: 10
Coordenada x do segundo vetor: 11
Coordenada y do segundo vetor: 6
O produto escalar é: 104.0


C++ ::: Lista de Exercícios Resolvidos (Algorítmos Resolvidos) ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Exercício Resolvido de C++ - Escreva um programa C++ que mostra como somar os elementos da diagonal secundária de uma matriz

Quantidade de visualizações: 10410 vezes
Exercícios Resolvidos de C++ - Escreva um programa C++ que mostra como somar os elementos da diagonal secundária de uma matriz

Pergunta/Tarefa:

Em álgebra linear, a diagonal secundária de uma matriz A é a coleção das entradas Aij em que [i]i[/i] + [i]j[/i] é igual a n + 1 (onde n é a ordem da matriz). A diagonal secundária de uma matriz quadrada une o seu canto inferior esquerdo ao canto superior direito (conforme mostrado na saída do problema proposto abaixo).

Escreva um programa C++ que declara uma matriz 3x3 e pede ao usuário para informar seus valores. Em seguida mostre todos os valores da matriz e a soma dos elementos da diagonal secundária. Sua saída deverá ser parecida com a imagem abaixo:



Resposta/Solução:

Veja a resolução comentada deste exercício:

#include <cstdlib>
#include <iostream>
#include <iomanip>

using namespace std;

int main(int argc, char *argv[])
{
  int matriz[3][3]; // uma matriz de três linhas e três colunas
  int soma_diagonal = 0; // guarda a soma dos elementos na diagonal secundária

  // vamos ler os valores para os elementos da matriz
  for(int i = 0; i < 3; i++){ // linhas
    for(int j = 0; j < 3; j++){ // colunas
      cout << "Valor para a linha " << i << " e coluna " << j << ": ";
      cin >> matriz[i][j];       
    }       
  }
  
  // vamos mostrar a matriz da forma que ela foi informada
  cout << "\n\nValores na matriz\n" << endl;
  for(int i = 0; i < 3; i++){
    for(int j = 0; j < 3; j++){
      cout << setw(5) << matriz[i][j];   
    }
    
    cout << "\n" << endl;       
  }
  
  // vamos calcular a soma dos elementos da diagonal secundária
  int ordem = 3; // ordem da matriz
  for(int i = 1; i <= 3; i++){
    for(int j = 1; j <= 3; j++){
      if((i + j) == (ordem + 1)){
        soma_diagonal = soma_diagonal + matriz[i - 1][j - 1];
      }
    }
  }
  
  cout << "A soma dos elementos da diagonal secundaria e: " << 
    soma_diagonal << endl;
  cout << "\n" << endl;
  
  system("PAUSE");
  return EXIT_SUCCESS;
}



PHP ::: Dicas & Truques ::: Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos em PHP - Como criar e usar métodos estáticos em PHP

Quantidade de visualizações: 8287 vezes
Como já vimos em outras dicas desta seção, uma classe possui propriedades (variáveis) e métodos. Veja a seguinte declaração de uma classe Produto:

<?php
  // classe Produto com duas variáveis privadas e seus
  // correspondentes métodos mutatórios e acessórios
  class Produto{
    private $nome;
    private $preco;

    public function setNome($nome){
      $this->nome = $nome;
    }

    public function getNome(){
      return $this->nome;
    }

    public function setPreco($preco){
      $this->preco = $preco;
    }

    public function getPreco(){
      return $this->preco;
    }
  }
?>

Aqui cada instância da classe Produto terá suas próprias variáveis $nome e $preco e os métodos que permitem acesso e alteração destas variáveis também estão disponíveis a cada instância.

Há, porém, situações nas quais gostaríamos que um determinado método estivesse atrelado à classe e não à cada instância individual. Desta forma, é possível chamar um método de uma classe sem a necessidade da criação de instâncias da mesma.

Métodos estáticos em PHP podem ser criados por meio do uso da palavra-chave static. É comum tais métodos serem declarados com o modificador public, o que os torna acessíveis fora da classe na qual estes foram declarados. Veja um exemplo:

<?php
  // classe Pessoa com duas variáveis privadas e um método
  // estático
  class Pessoa{
    private $nome;
    private $idade;
    
    // um método estático que permite verificar a validade
    // de um número de CPF
    public static function isCPFValido($cpf){
      // alguma rotina aqui
      return true;
    }
  }

  // vamos efetuar uma chamada ao método isCPFValido() sem
  // criar uma instância da classe Pessoa
  if(Pessoa::isCPFValido("12345")){
    echo "CPF Válido";
  }
  else{
    echo "CPF inVálido";
  }
?>

Observe como acessamos o método isCPFValido() sem a necessidade da criação de uma instância da classe Pessoa. Note que, se quisermos chamar um método estático a partir de uma instância na qual ele está declarado, devemos usar self em vez de $this (ainda que esta última forma não provoque nenhum efeito colateral) para deixar bem claro que o método chamado pertence à classe e não às suas instâncias.

Finalmente note que um método estático não possui acesso à uma instância específica de uma classe por meio da referência $this (o que é compreensível, visto que uma chamada a um método estático não depende da existência de instâncias da classe que o declara). Ao tentarmos acessá-lo, teremos a seguinte mensagem de erro:

Fatal error: Using $this when not in object context in ...


Delphi ::: VCL - Visual Component Library ::: TListBox

Como retornar o item selecionado em uma ListBox do Delphi usando a propriedade ItemIndex

Quantidade de visualizações: 17917 vezes
O item selecionado em uma TListBox pode ser obtido fornecendo-se o índice do ítem selecionado como índice para a propriedade Items (do tipo TStrings) da ListBox. Veja como isso é feito no trecho de código abaixo:

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
var
  item_selecionado: String;
begin
  // vamos obter o item selecionado na ListBox
  item_selecionado := ListBox1.Items[ListBox1.ItemIndex];

  // mostra o resultado
  ShowMessage('O item selecionado é: ' + item_selecionado);
end;

Contudo, este código provocará uma exceção do tipo EStringListError com a mensagem "List index out of bonds(-1)" se nenhum item estiver selecionado na ListBox. Para evitar tal erro, certifique-se de verificar se algum item foi selecionado antes de tentar obtê-lo. Veja:

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
var
  item_selecionado: String;
begin
  // vamos obter o item selecionado na ListBox
  if ListBox1.ItemIndex > -1 then
    begin
      item_selecionado := ListBox1.Items[ListBox1.ItemIndex];

      // mostra o resultado
      ShowMessage('O item selecionado é: ' + item_selecionado);
    end
  else
    ShowMessage('Nenhum item selecionado.');
end;

Para fins de compatibilidade, esta dica foi escrita usando Delphi 2009.

Carregar Publicações Anteriores


Quem Somos

Osmar J. Silva
Programador Freelancer
WhatsApp +55 (062) 98553-6711

Goiânia-GO
Programador Freelancer - Full Stack Developer, Professional Java Developer, PHP, C/C++, Python Programmer, wxWidgets Professional C++ Programmer, Freelance Programmer. Formado em Ciência da Computação pela UNIP (Universidade Paulista Campus Goiânia) e cursando Engenharia Elétrica pela PUC-Goiás. Possuo conhecimentos avançados de Java, Python, JavaScript, C, C++, PHP, C#, VB.NET, Delphi, Android, Perl, e várias tecnologias que envolvem o desenvolvimento web, desktop, front-end e back-end. Atuo há mais de 15 anos como programador freelancer, atendendo clientes no Brasil, Portugal, Argentina e vários outros paises.
Entre em contato comigo para, juntos, vermos em que posso contribuir para resolver ou agilizar o desenvolvimento de seus códigos.
José de Angelis
Programador Freelancer
WhatsApp +55 (062) 98243-1195

Goiânia-GO
Programador Freelancer - Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Delta, Pós graduado em Engenharia de Software (PUC MINAS), Pós graduado Marketing Digital (IGTI) com ênfase em Growth Hacking. Mais de 15 anos de experiência em programação Web. Marketing Digital focado em desempenho, desenvolvimento de estratégia competitiva, analise de concorrência, SEO, webvitals, e Adwords, Métricas de retorno. Especialista Google Certificado desde 2011 Possui domínio nas linguagens PHP, C#, JavaScript, MySQL e frameworks Laravel, jQuery, flutter. Atualmente aluno de mestrado em Ciência da Computação (UFG)
Não basta ter um site. É necessário ter um site que é localizado e converte usuários em clientes. Se sua página não faz isso, Fale comigo e vamos fazer uma analise e conseguir resultados mais satisfatórios..

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: C#
3º lugar: Delphi
4º lugar: PHP
5º lugar: Python
6º lugar: JavaScript
7º lugar: C
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: JSP (Java Server Pages)



© 2021 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados | Versión en Español | Versão em Português