Você está aqui: Java ::: Dicas & Truques ::: Data e Hora

Como retornar a diferença de semanas, dias, horas, minutos e segundos entre dois objetos Date

Quantidade de visualizações: 11545 vezes


O trecho de código abaixo mostra como obter a diferença de semanas, dias, horas, minutos e segundos entre dois objetos Date. Estude-o atentamente. Esta é uma técnica muito útil para programadores que lidam com cálculos de datas em suas aplicações:
import java.util.*;
import java.text.*;

public class Estudos{ 
  public static void main(String args[]){ 
    try{
      // constrói a primeira data
      DateFormat fm = new SimpleDateFormat(
        "dd/MM/yyyy HH:mm:ss");
      Date data1 = (Date)fm.parse("20/12/2008 16:20:12");

      // constrói a segunda data
      fm = new SimpleDateFormat("dd/MM/yyyy HH:mm:ss");
      Date data2 = (Date)fm.parse("30/12/2008 21:30:15");

      // vamos obter a diferença em semanas, dias, horas,
      // minutos e segundos
      long segundos = (data2.getTime() - 
        data1.getTime()) / 1000;
      int semanas = (int)Math.floor(segundos / 604800);
      segundos -= semanas * 604800;
      int dias = (int)Math.floor(segundos / 86400);
      segundos -= dias * 86400;
      int horas = (int)Math.floor(segundos / 3600);
      segundos -= horas * 3600;
      int minutos = (int)Math.floor(segundos / 60);
      segundos -= minutos * 60;

      // exibe o resultado
      System.out.println("As duas datas tem " +
        semanas + " semanas, " + dias + " dias, " + 
        horas + " horas, " + minutos + " minutos e " +
        segundos + " segundos de diferença");
    }
    catch(ParseException e){
      e.printStackTrace();
    }
  } 
}



Java ::: Lista de Exercícios Resolvidos (Algorítmos Resolvidos) ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Vetores e Matrizes - Exercícios Resolvidos de Java - Ex. 6 - Corrigindo o erro ArrayIndexOutOfBoundsException ao usar um laço for para percorrer os elementos de um vetor

Quantidade de visualizações: 11295 vezes
Pergunta/Tarefa:

Observe o seguinte trecho de código:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.
Quando tentamos executar este código temos um erro do tipo ArrayIndexOutOfBoundsException. Veja a saída produzida:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.
Você é capaz de descobrir a causa do lançamento desta exceção? O erro no código é de sintáxe ou de lógica?

Resposta/Solução:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.



Java ::: Classes e Componentes ::: JTextArea

Java Swing - Como ler as linhas de texto de um JTextArea uma de cada vez

Quantidade de visualizações: 11137 vezes
Nesta dica veremos como ler as linhas de um controle JTextArea do Java Swing individualmente, ou seja, uma linha de cada vez. Para isso nós vamos usar os método getLineStartOffset() e getLineEndOffset() da classe JTextArea para acessar suas linhas separadamente.

Veja o resultado na imagem abaixo:



E aqui está o código Java Swing completo para a dica:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.



Java ::: Dicas & Truques ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Como obter a média dos valores dos elementos de um vetor de inteiros na linguagem Java

Quantidade de visualizações: 13465 vezes
Nesta dica mostrarei como obter a média dos valores dos elementos de um array (vetor) de ints. A média que vamos obter é aritmética, ou seja, somamos todos os valores e dividimos pela quantidade de valores no vetor.

Veja o código completo:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

A media dos valores é: 42.2


Java ::: Fundamentos da Linguagem ::: Tipos de Dados

Como usar o tipo de dados float do Java - Usando o tipo de dados float da linguagem Java

Quantidade de visualizações: 20536 vezes
O tipo de dados float é usado quando precisamos armazenar números de ponto-flutuante (com parte fracionária) na faixa 1.401298464324817e-45f até 3.402823476638528860e+38f. Este tipo ocupa 32 bits na memória (o mesmo que um int) e possui precisão de 6 ou 7 dígitos significativos. Veja um exemplo de seu uso:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.

Antes de prosseguir, veja que inserí a letra "f" (ou "F") após o valor literal atribuído à variável. Se retirássemos esta letra, o compilador emitiria a seguinte mensagem de erro:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.


Isso acontece porque, por padrão, um literal de ponto-flutuante é no mínimo do tipo double. E um double não cabe em um float. A definição da letra "f" ou "F" informa ao compilador que estamos realmente definindo um literal float.

O tipo de dados float pode ser convertido (sem a necessidade de cast) para os seguintes tipos:

float -> double

Se precisarmos converter o tipo float para os tipos char, byte, short, int ou long, teremos que lançar mão de uma coerção (cast), também conhecida como conversão forçada. Veja:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.

É preciso ficar atento ao fato de que uma coerção de um tipo de ponto-flutuante para um tipo integral (inteiro) resulta na perda da parte fracionária do valor que está sofrendo o cast.


Java ::: Fundamentos da Linguagem ::: Tipos de Dados

Apostila Java - Como usar o tipo de dados double da linguagem Java

Quantidade de visualizações: 20688 vezes
O tipo de dados double é usado quando precisamos armazenar números de ponto-flutuante (com parte fracionária) na faixa 4.94065645841246544e-324 até 1.79769313486231570e+308. Este tipo ocupa 64 bits na memória (o mesmo que um long) e possui precisão de 14 ou 15 dígitos significativos. Veja um exemplo de seu uso:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.

É importante observar que a maioria dos métodos numéricos das classes Java (principalmente Math) possuem parâmetros do tipo double. Isso é feito de modo que possamos fornecer argumentos do tipo byte, short, int, long, float, etc. Como todos os tipos primitivos (exceto boolean) podem ser convertidos para double sem a necessidade de cast, esta é sem dúvida uma escolha bem acertada dos arquitetos da linguagem.

Observe ainda que o tipo double não pode ser convertido implicitamente para nenhum outro tipo de dados primitivo. Se precisarmos convertê-lo para os tipos char, byte, short, int, long ou float, teremos que lançar mão de uma coerção (cast). Veja:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.

É preciso ficar atento ao fato de que uma coerção de um tipo de ponto-flutuante para um tipo integral (inteiro) resulta na perda da parte fracionária do valor que está sofrendo o cast.

Não é recomendável usar o tipo double (ou float) para aplicações financeiras nas quais a precisão dos valores numéricos é de muita importância. Para estes casos recomenda-se usar a classe BigDecimal.


Veja mais Dicas e truques de Java

Dicas e truques de outras linguagens

Quem Somos

Osmar J. Silva
Programador Freelancer
WhatsApp +55 (062) 98553-6711

Goiânia-GO
Programador Freelancer - Full Stack Developer, Professional Java Developer, PHP, C/C++, Python Programmer, wxWidgets Professional C++ Programmer, Freelance Programmer. Formado em Ciência da Computação pela UNIP (Universidade Paulista Campus Goiânia) e cursando Engenharia Elétrica pela PUC-Goiás. Possuo conhecimentos avançados de Java, Python, JavaScript, C, C++, PHP, C#, VB.NET, Delphi, Android, Perl, e várias tecnologias que envolvem o desenvolvimento web, desktop, front-end e back-end. Atuo há mais de 15 anos como programador freelancer, atendendo clientes no Brasil, Portugal, Argentina e vários outros paises.
Entre em contato comigo para, juntos, vermos em que posso contribuir para resolver ou agilizar o desenvolvimento de seus códigos.
José de Angelis
Programador Freelancer
WhatsApp +55 (062) 98243-1195

Goiânia-GO
Programador Freelancer - Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Delta, Pós graduado em Engenharia de Software (PUC MINAS), Pós graduado Marketing Digital (IGTI) com ênfase em Growth Hacking. Mais de 15 anos de experiência em programação Web. Marketing Digital focado em desempenho, desenvolvimento de estratégia competitiva, analise de concorrência, SEO, webvitals, e Adwords, Métricas de retorno. Especialista Google Certificado desde 2011 Possui domínio nas linguagens PHP, C#, JavaScript, MySQL e frameworks Laravel, jQuery, flutter. Atualmente aluno de mestrado em Ciência da Computação (UFG)
Não basta ter um site. É necessário ter um site que é localizado e converte usuários em clientes. Se sua página não faz isso, Fale comigo e vamos fazer uma analise e conseguir resultados mais satisfatórios..

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: C#
3º lugar: Delphi
4º lugar: PHP
5º lugar: Python
6º lugar: JavaScript
7º lugar: C
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: JSP (Java Server Pages)



© 2021 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados | Versión en Español | Versão em Português