Java - Classes e Componentes - JTable

Mais Dicas e Truques de Programação

Java ::: Classes e Componentes ::: JTextArea

Java Swing - Como definir a cor de fundo para um JTextArea

Quantidade de visualizações: 7938 vezes
Nesta dica mostrarei como podemos aplicar uma cor de fundo a um controle área de texto, ou seja, um JTextArea do Java Swing. Para isso nós só precisamos fazer uma chamada ao seu método setBackground() e passar a cor desejada.

Veja um exemplo de como isso pode ser feito:

textArea = new JTextArea(10, 20);
// Define a cor de fundo
textArea.setBackground(Color.YELLOW);

Note que aqui nós temos uma variável chamada textArea, do tipo JTextArea.


Java ::: Classes e Componentes ::: JTextField

Java Swing - Como definir a cor do texto de um JTextField usando o método setForeground()

Quantidade de visualizações: 8915 vezes
Nesta dica eu mostro como podemos usar o método setForeground() da classe JTextField para definir a cor de seu texto. Note que esta função pede um objeto da classe Color, por isso, neste exemplo, forneci o valor Color.BLUE.

Veja o código Java Swing completo:

 
import java.awt.*;
import java.awt.event.*;
import javax.swing.*;
 
public class Estudos extends JFrame{
  JTextField texto;  
 
  public Estudos() {
    super("Estudos Swing");
     
    Container c = getContentPane();
    c.setLayout(new FlowLayout(FlowLayout.LEFT));
 
    // Cria um botão
    JButton btn = new JButton("Definir cor do texto");
    btn.addActionListener(
      new ActionListener(){
        public void actionPerformed(ActionEvent e){
          // vamos definir a cor do texto como azul
          texto.setForeground(Color.BLUE); 
        }
      }
    );
     
    // Cria o JTextField
    texto = new JTextField(10);     
 
    // Adiciona o botão à janela
    c.add(btn);
    // Adiciona o JTextField à janela
    c.add(texto);  
 
    setSize(350, 250);
    setVisible(true);
  }
   
  public static void main(String args[]){
    Estudos app = new Estudos();
    app.setDefaultCloseOperation(JFrame.EXIT_ON_CLOSE);
  }
}



Java ::: Coleções (Collections) ::: HashMap

Java Collections - Como usar a classe HashMap da linguagem Java

Quantidade de visualizações: 35403 vezes
A classe HashMap, do pacote java.util, é uma das principais implementações da interface Map. Além de fornecer todas as operações opcionais de um map, esta classe permite a inserção de chaves e valores com o valor null. Em realidade, a classe HashMap é bem similar à classe Hashtable, com a diferença que HashMap não é sincronizada (tenha cuidado ao usuá-la em ambiente de múltiplas threads) e permite valores e chaves null.

Veja sua posição na hierarquia de classes Java:

java.lang.Object
  java.util.AbstractMap<K,V>
    java.util.HashMap<K,V>
Esta classe implementa ainda as interfaces Serializable, Cloneable e Map<K,V>. Algumas sub-classes conhecidas são LinkedHashMap e PrinterStateReasons.

O uso principal da classe HashMap é quando queremos associar chaves e valores e, posteriormente, recuperar valores baseados em suas chaves. Veja um exemplo no qual temos cidades e habitantes:

package arquivodecodigos;

import java.util.*;
 
public class Estudos{
  @SuppressWarnings("unchecked")
  public static void main(String[] args){
     
    // cria uma nova instância de HashMap
    HashMap cidadesHabitantes = new HashMap();
     
    // vamos adicionar algumas chaves e seus valores
    cidadesHabitantes.put("Goiânia", new Integer(4334598));
    cidadesHabitantes.put("São Paulo", new Integer(49282768));
    cidadesHabitantes.put("Brasília", new Integer(96736887));   
  
    // vamos obter uma view dos mapeamentos
    Set set = cidadesHabitantes.entrySet();
 
    // obtemos um iterador
    Iterator i = set.iterator();
 
    // e finalmente exibimos todas as chaves e seus valores
    while(i.hasNext()){
      Map.Entry entrada = (Map.Entry)i.next();
      System.out.println("Chave: " + entrada.getKey() + 
        " - Valor: " + entrada.getValue());
    }
 
    System.exit(0);
  }
}

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

Chave: Goiânia - Valor: 4334598
Chave: Brasília - Valor: 96736887
Chave: São Paulo - Valor: 49282768

Uma observação importante em relação à classe HashMap é que esta não honra nenhuma ordem específica de seus elementos, ou seja, a ordem dos pares chave-valor em uma operação de exibição pode ser bem diferente da ordem de inserção.


Java ::: Lista de Exercícios Resolvidos (Algorítmos Resolvidos) ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Exercício Resolvido de Java - Percorrer todos os elementos de um vetor de int e exibir a soma de seus valores

Quantidade de visualizações: 11466 vezes
Pergunta/Tarefa:

Considere o seguinte vetor de inteiros:

// um vetor de inteiros contendo sete elementos
int valores[] = {4, 5, 1, 8, 2, 2, 10};
Escreva um programa Java console ou GUI que usa um laço for para percorrer todos os elementos deste vetor e exibir a soma de seus valores. Seu programa deverá exibir uma saída com a mensagem:

A soma dos valores do vetor é: 32

Resposta/Solução:

public static void main(String[] args){
  // um vetor de inteiros contendo sete elementos
  int valores[] = {4, 5, 1, 8, 2, 2, 10};
    
  // o primeiro passo é criar uma variável que vai receber a soma
  // dos valores dos elementos
  int soma = 0;

  // agora vamos usar uma laço for para percorrer todos os elementos
  // do vetor, obter o valor do elemento atual e adicionar ao valor atual
  // da variável soma
  for(int i = 0; i < valores.length; i++){
    soma = soma + valores[i];
    // poderia também ser escrito assim:
    // soma += valores[i];
  }

  // vamos exibir a soma dos valores do vetor
  System.out.println("A soma dos valores do vetor é: " + soma);
}



jQuery ::: Dicas & Truques ::: Manipulação e Conteúdo Dinâmico

jQuery para iniciantes - Como obter o conteúdo de um elemento HTML usando a função html() do jQuery

Quantidade de visualizações: 8173 vezes
O método html() da biblioteca jQuery nos permite obter o conteúdo (a propriedade innerHTML) do primeiro da série de elementos encontrados. Considere o seguinte elemento DIV:

<div id="div_1">
  <button>Clique Aqui</button>
</div>

Veja agora o código JavaScript que obtém todo o conteúdo HTML entre as tags <div> e </div>:

<!doctype html>
<html>
<head>
  <title>Estudos jQuery</title>
</head>

<script
  src="https://code.jquery.com/jquery-3.6.0.js"
  integrity="sha256-H+K7U5CnXl1h5ywQfKtSj8PCmoN9aaq30gDh27Xc0jk="
  crossorigin="anonymous"></script>

<body>

<div id="div_1">
  <button>Clique Aqui</button>
</div>

<script type="text/javascript">
  var html = $("#div_1").html();
  window.alert("O conteúdo HTML da tag DIV é: " + html);
</script>
  
</body>
</html>

Ao abrir esta página HTML você terá um resultado parecido com:

O conteúdo HTML da tag DIV é: <button>Clique Aqui</button>.

Esta dica foi revisada e testada no jQuery 3.6.0.


CSS - Cascading Style Sheets ::: Dicas & Truques ::: Cores de Fundo e Imagens de Fundo

CSS para Web Designers - Como definir uma imagem de fundo para suas páginas HTML

Quantidade de visualizações: 6396 vezes
Nesta dica mostrarei como usar a propriedade background-image do CSS (Cascading Style Sheet) para aplicar uma imagem de fundo às nossas páginas HTML. Note que, neste exemplo, não controlamos como e se a imagem de fundo será repetida. Em outras dicas dessa seção você aprenderá como isso pode ser feito.

Veja o resultado desta dica na figura abaixo:



E agora veja o código HTML completo para o exemplo, incluindo a marcação CSS:

<html>
<head>
<title>Estudando CSS</title>

<meta name="viewport" content="width=device-width, 
  initial-scale=1">

<style type="text/css">
  body {background-image: url('fundo2.jpg')}
</style>

</head>
<body>
 
</body>
</html>



Python ::: Dicas & Truques ::: Aplicativos e Outros

Como calcular a distância entre dois pontos na terra usando Python

Quantidade de visualizações: 42 vezes
Nesta dica mostrarei como calcular a distância em quilômetros entre dois pontos na terra dadas suas latitudes e longitudes. Neste exemplo eu coloquei o valor de 6378.137 para o raio da terra, mas você pode definir para o valor que achar mais adequado.

O cálculo usado neste código se baseia na Fórmula de Haversine, que determina a distância do grande círculo entre dois pontos em uma esfera, dadas suas longitudes e latitudes.

Veja o código Python completo:

# vamos importar o módulo Math
import math

# função que recebe dois pontos na terra e retorna a distância
# entre eles em quilômetros
def calcularDistancia(lat1, lat2, lon1, lon2):
  raio_terra = 6378.137 # raio da terra em quilômetros
    
  # o primeiro passo é converter as latitudes e longitudes
  # para radianos
  lon1 = math.radians(lon1)
  lon2 = math.radians(lon2)
  lat1 = math.radians(lat1)
  lat2 = math.radians(lat2)
 
  # agora aplicamos a Fórmula de Haversine
  dlon = lon2 - lon1
  dlat = lat2 - lat1
  a = math.pow(math.sin(dlat / 2), 2) + math.cos(lat1) * math.cos(lat2) \
    * math.pow(math.sin(dlon / 2),2)
             
  c = 2 * math.asin(math.sqrt(a))
 
  # e retornamos a distância    
  return(c * raio_terra)

# método principal
def main():
  # vamos solicitar a latitude e longitude das duas localizações
  lat1 = float(input("Informe a primeira latitude: "))
  lon1 = float(input("Informe a primeira longitude: "))
  lat2 = float(input("Informe a segunda latitude: "))
  lon2 = float(input("Informe a segunda longitude: "))

  # vamos calcular a distância entre os dois pontos em Kms
  distancia = calcularDistancia(lat1, lat2, lon1, lon2)
    
  # mostramos o resultado
  print("A distância entre os dois pontos é: {0} kms".format(distancia))

if __name__== "__main__":
  main()

Ao executar este código Python nós teremos o seguinte resultado:

Informe a primeira latitude: -16.674551
Informe a primeira longitude: -49.303598
Informe a segunda latitude: -15.579321
Informe a segunda longitude: -56.10009
A distância entre os dois pontos é: 736.9183827638687kms

Neste exemplo eu calculei a distância entre as cidades de Goiânia-GO e Cuibá-MT.

A latitude é a distância ao Equador medida ao longo do meridiano de Greenwich. Esta distância mede-se em graus, podendo variar entre 0o e 90o para Norte(N) ou para Sul(S). A longitude é a distância ao meridiano de Greenwich medida ao longo do Equador.


Java ::: Dicas & Truques ::: Imagens

Manipulação de imagens em Java - Como carregar imagens JPG (JPEG), GIF ou PNG usando o método getImage() da classe Toolkit

Quantidade de visualizações: 21577 vezes
O método getImage() da classe Toolkit retorna um objeto da classe Image que obtém informações de imagem (pixels) a partir do caminho informado. Veja que este método não verifica se a imagem informada para o método existe ou se foi carregada com sucesso. Veja mais dicas nesta seção para aprender a realizar tais tarefas.

O código abaixo mostra como chamar o método getImage() para carregar uma imagem ao clicar em um botão:

package arquivodecodigos;

import java.awt.*;
import java.awt.event.*;
import javax.swing.*;
 
public class Estudos extends JFrame{
  private Image imagem = null;  
 
  public Estudos() {
    super("Estudos Java");
     
    Container c = getContentPane();
    c.setLayout(new FlowLayout());
     
    JButton btn = new JButton("Carregar Imagem");
    btn.addActionListener(
      new ActionListener(){
        @Override
        public void actionPerformed(ActionEvent e){
          // imagem a ser carregada
          String minhaImagem = "C:\\estudos_java\\lago.jpg";          
 
          // Obtém o Toolkit padrão
          Toolkit toolkit = 
            Toolkit.getDefaultToolkit();
          imagem = toolkit.getImage(minhaImagem);
 
          JOptionPane.showMessageDialog(null, 
            "A imagem  foi carregada. Agora é só manipulá-la.");
        }
      }
    );
 
    c.add(btn);
         
    setSize(400, 300);
    setVisible(true);
  }
   
  public static void main(String args[]){
    Estudos app = new Estudos();
    app.setDefaultCloseOperation(JFrame.EXIT_ON_CLOSE);
  }
}

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

A imagem foi carregada. Agora é só manipulá-la.


Java ::: Dicas & Truques ::: Arquivos e Diretórios

Como usar o método createTempFile() da classe File da linguagem Java para criar um arquivo temporário, escrever nele e excluí-lo ao fechar o programa - Revisado

Quantidade de visualizações: 13778 vezes
Nesta dica mostrarei como é possível usar o método createTempFile() da classe File, do pacote java.io, para criar um arquivo temporário em Java. No exemplo vamos criar o arquivo, vamos escrever nele e depois excluí-lo ao fecharmos o programa.

Veja o código completo:

package arquivodecodigos;

import java.io.*;
 
public class Estudos{
  public static void main(String[] args){
    // local de criação do arquivo
    String local = "C:\\estudos_java";
      
    // vamos tentar criar o arquivo então
    try{
      File arquivo = File.createTempFile("teste", ".txt", new File(local));
     
      // vamos excluir o arquivo ao fechar a aplicação
      arquivo.deleteOnExit();
         
      // escreve no arquivo temporário
      BufferedWriter out = new BufferedWriter(new FileWriter(arquivo));
      out.write("Arquivo de Códigos");
      out.close();
         
      // trecho de código para fazer com o programa espere
      // uma tecla antes de fechar
      // Este procedimento é para que vc veja que o arquivo
      // temporario realmente foi criado no diretório indicado
      InputStreamReader ent = new InputStreamReader(System.in);
      BufferedReader cons = new BufferedReader(ent);
      System.out.println("Verifique se o arquivo foi criado com sucesso.");
      System.out.print("Digite alguma coisa e pressione Enter para sair: ");
      String tecla = cons.readLine();
    }
    catch(IOException e){
      System.out.println("Houve um erro: " + e.getMessage()); 
    }
  }
}

Ao executarmos este código nós teremos o seguinte resultado:

Verifique se o arquivo foi criado com sucesso.
Digite alguma coisa e pressione Enter para sair: b

Antes de digitar alguma coisa e pressionar Enter, olhe no diretório "C:\\estudos_java" (o seu vai ser diferente, é claro) e você verá um arquivo com um nome parecido com:

teste2606085315507863387.txt

Quando você pressionar Enter, o programa terminará e o arquivo será excluído automaticamente.

Esta dica foi revisada e testada no Java 8.


Java ::: Java + MySQL ::: Metadados da Base de Dados (Database Metadata)

Java MySQL - Como obter uma lista das funções de data e hora suportadas pelo MySQL usando o método getTimeDateFunctions() da interface DatabaseMetaData

Quantidade de visualizações: 4508 vezes
Em algumas situações gostaríamos de, via código, obter uma lista das funções de data e hora suportadas pelo MySQL. Para isso podemos usar o método getTimeDateFunctions() da interface DatabaseMetaData. É importante observar que, no Sun Microsystem's JDBC Driver for MySQL, a interface DatabaseMetaData é implementada por uma classe do mesmo nome, no pacote com.mysql.jdbc.DatabaseMetaData. E esta classe implementa o método getTimeDateFunctions() de forma a retornar a lista de funções de data e hora separadas por vírgulas.

Veja um trecho de código Java no qual listamos todas as funções de data e hora suportados no MySQL 5.0:

package estudosbancodados;

import java.sql.Connection;
import java.sql.DatabaseMetaData;
import java.sql.DriverManager;
import java.sql.SQLException;

public class EstudosBancoDados{
  public static void main(String[] args) {
    // strings de conexão
    String databaseURL = "jdbc:mysql://localhost/estudos";
    String usuario = "root";
    String senha = "osmar1234";
    String driverName = "com.mysql.jdbc.Driver";

    try {
      Class.forName(driverName).newInstance();
      Connection conn = DriverManager.getConnection(databaseURL, usuario, senha);

      // vamos obter um objeto da classe com.mysql.jdbc.DatabaseMetaData
      DatabaseMetaData dbmd = conn.getMetaData();

      // vamos obter a lista de funções de data e hora disponíveis
      // nesta versão do MySQL
      String funcoesDataHora = dbmd.getTimeDateFunctions();

      // como a lista de funções está separada por vírgulas, vamos obter
      // uma matriz de strings
      String funcoes[] = funcoesDataHora.split(",");

      // vamos mostrar o resultado
      for(int i = 0; i < funcoes.length; i++){
        System.out.println(funcoes[i]);
      }
    }
    catch (SQLException ex) {
      System.out.println("SQLException: " + ex.getMessage());
      System.out.println("SQLState: " + ex.getSQLState());
      System.out.println("VendorError: " + ex.getErrorCode());
    }
    catch (Exception e) {
      System.out.println("Problemas ao tentar conectar com o banco de dados: " + e);
    }
  }
}

Ao executarmos este código teremos o seguinte resultado:

DAYOFWEEK
WEEKDAY
DAYOFMONTH
DAYOFYEAR
MONTH
DAYNAME
MONTHNAME
QUARTER
WEEK
YEAR
HOUR
MINUTE
SECOND
PERIOD_ADD
PERIOD_DIFF
TO_DAYS
FROM_DAYS
DATE_FORMAT
TIME_FORMAT
CURDATE
CURRENT_DATE
CURTIME
CURRENT_TIME
NOW
SYSDATE
CURRENT_TIMESTAMP
UNIX_TIMESTAMP
FROM_UNIXTIME
SEC_TO_TIME
TIME_TO_SEC

Carregar Publicações Anteriores


Quem Somos

Osmar J. Silva
Programador Freelancer
WhatsApp +55 (062) 98553-6711

Goiânia-GO
Programador Freelancer - Full Stack Developer, Professional Java Developer, PHP, C/C++, Python Programmer, wxWidgets Professional C++ Programmer, Freelance Programmer. Formado em Ciência da Computação pela UNIP (Universidade Paulista Campus Goiânia) e cursando Engenharia Elétrica pela PUC-Goiás. Possuo conhecimentos avançados de Java, Python, JavaScript, C, C++, PHP, C#, VB.NET, Delphi, Android, Perl, e várias tecnologias que envolvem o desenvolvimento web, desktop, front-end e back-end. Atuo há mais de 15 anos como programador freelancer, atendendo clientes no Brasil, Portugal, Argentina e vários outros paises.
Entre em contato comigo para, juntos, vermos em que posso contribuir para resolver ou agilizar o desenvolvimento de seus códigos.
José de Angelis
Programador Freelancer
WhatsApp +55 (062) 98243-1195

Goiânia-GO
Programador Freelancer - Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Delta, Pós graduado em Engenharia de Software (PUC MINAS), Pós graduado Marketing Digital (IGTI) com ênfase em Growth Hacking. Mais de 15 anos de experiência em programação Web. Marketing Digital focado em desempenho, desenvolvimento de estratégia competitiva, analise de concorrência, SEO, webvitals, e Adwords, Métricas de retorno. Especialista Google Certificado desde 2011 Possui domínio nas linguagens PHP, C#, JavaScript, MySQL e frameworks Laravel, jQuery, flutter. Atualmente aluno de mestrado em Ciência da Computação (UFG)
Não basta ter um site. É necessário ter um site que é localizado e converte usuários em clientes. Se sua página não faz isso, Fale comigo e vamos fazer uma analise e conseguir resultados mais satisfatórios..

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: C#
3º lugar: Delphi
4º lugar: PHP
5º lugar: Python
6º lugar: JavaScript
7º lugar: C
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: JSP (Java Server Pages)



© 2021 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados | Versión en Español | Versão em Português