JavaScript - Dicas & Truques - Matemática e Estatística

Mais Dicas e Truques de Programação

Java ::: Classes e Componentes ::: JTextArea

Java Swing - Como evitar a barra de rolagem horizontal em um JScrollPane

Quantidade de visualizações: 9213 vezes
Em algumas situações nós precisamos usar um JScrollPane para permitir as barras de rolagem em algum componente visual do Java Swing. Nesta dica eu mostro como isso pode ser feito, e mostro também como a barra de rolagem horizontal pode ser evitada. Este comportamento é o esperado quando estamos trabalhando com caixas de texto do tipo JTextArea.

Veja um trecho de código no qual usamos a constante HORIZONTAL_SCROLLBAR_NEVER de ScrollPaneConstants para indicar que a barra horizontal não deverá ser exibida:

textArea = new JTextArea(10, 20);
JScrollPane scrollPane = new JScrollPane(textArea);
     
// Evitar o aparecimento da barra de rolagem horizontal
scrollPane.setHorizontalScrollBarPolicy(
ScrollPaneConstants.HORIZONTAL_SCROLLBAR_NEVER);



jQuery ::: Dicas & Truques ::: Manipulação e Conteúdo Dinâmico

Como usar o método appendTo() do jQuery para adicionar todo o conteúdo de um elemento ao final de outro elemento HTML

Quantidade de visualizações: 8722 vezes
O método appendTo() é usado quando queremos adicionar todo o conteúdo dos elementos retornados sob uma determinada condição a outro ou outros elementos HTML.

Veja um trecho de código no qual adicionamos o conteúdo de um parágrafo ao final de um elemento DIV:

<script type="text/javascript">
<!--
  function adicionarConteudo(){
    var texto = "<br>Mais uma linha.";
    $("#parag").appendTo("#div_1");
  }
//-->
</script>

O método appendTo() opera em todos os elementos HTML retornados sob uma determinação condição. O retorno do método é um objeto jQuery que pode ser usado para fins de encadeamento de chamadas de métodos.


Delphi ::: VCL - Visual Component Library ::: TStringGrid

Como obter ou definir a quantidade de linhas e colunas fixas em um TStringGrid do Delphi

Quantidade de visualizações: 10707 vezes
Um controle TStringGrid possui a capacidade de exibir linhas e colunas fixas, ou seja, estas linhas e colunas permanecem visíveis na área do componente quando as barras de rolagem são acionadas. Isso é útil na exibição dos títulos das colunas ou numeração das linhas.

A quantidade de linhas fixas no controle TStringGrid pode ser definida por meio da propriedade FixedRows, enquanto a quantidade de colunas fixas pode ser definida por meio da propriedade FixedCols. Estas propriedades podem ser manipuladas em tempo de design ou execução. Veja um trecho de código no qual eliminamos as linhas e colunas fixas (definindo o valor 0 para ambas as propriedades):

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
begin
  // vamos definir a quantidade de linhas e colunas fixas
  // no TStringGrid
  StringGrid1.FixedRows := 0;
  StringGrid1.FixedCols := 0;
end;

Em tempo de execução a quantidade de linhas e/ou colunas fixas em um TStringGrid podem ser obtidas com código semelhante ao mostrado abaixo:

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
begin
  // vamos obter a quantidade de linhas e colunas fixas
  // no TStringGrid
  Memo1.Lines.Add('Quantidade de linhas fixas: ' +
    IntToStr(StringGrid1.FixedRows));
  Memo1.Lines.Add('Quantidade de colunas fixas: ' +
    IntToStr(StringGrid1.FixedCols));
end;

Execute este código e clique no botão. Você terá um resultado parecido com:

Quantidade de linhas fixas: 1
Quantidade de colunas fixas: 1


Java ::: Dicas & Truques ::: Programação Orientada a Objetos

Programação orientada a objetos em Java - Como usar herança em Java

Quantidade de visualizações: 27461 vezes
Quando estamos projetando as classes que farão parte de um sistema, é aconselhável ter em mente um conceito muito importante da programação orientada a objetos: a herança.

O que um aluno, um professor e um funcionário possuem em comum? Todos eles são pessoas e, portanto, compartilham alguns dados comuns. Todos têm nome, idade, endereço, etc. E, o que diferencia um aluno de uma outra pessoa qualquer? Um aluno possui uma matrícula; Um funcionário possui um código de funcionário, data de admissão, salário, etc; Um professor possui um código de professor e informações relacionadas à sua formação.

É aqui que a herança se torna uma ferramenta de grande utilidade. Podemos criar uma classe Pessoa, que possui todos os atributos e métodos comuns a todas as pessoas e herdar estes atributos e métodos em classes mais específicas, ou seja, a herança parte do geral para o mais específico. Comece criando uma classe Pessoa (Pessoa.java) como mostrado no código a seguir:

public class Pessoa{ 
  public String nome;    
  public int idade;
}

Esta classe possui os atributos nome e idade. Estes atributos são comuns a todas as pessoas. Veja agora como podemos criar uma classe Aluno que herda estes atributos da classe Pessoa e inclui seu próprio atributo, a saber, seu número de matrícula. Eis o código:

public class Aluno extends Pessoa{ 
  public String matricula;
}

Observe que, em Java, a palavra-chave usada para indicar herança é extends. A classe Aluno agora possui três atributos: nome, idade e matricula. Veja um aplicativo demonstrando este relacionamento:

public class Estudos{ 
  public static void main(String args[]){ 
    // cria um objeto da classe Aluno
    Aluno aluno = new Aluno();
 
    aluno.nome = "Osmar J. Silva";
    aluno.idade = 36;
    aluno.matricula = "AC33-65";
 
    // Exibe o resultado
    System.out.println("Nome: " + aluno.nome + "\n" +
      "Idade: " + aluno.idade + "\n" +
      "Matrícula: " + aluno.matricula);
  } 
}

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

Nome: Osmar J. Silva
Idade: 36
Matrícula: AC33-65

A herança nos fornece um grande benefício. Ao concentrarmos características comuns em uma classe e derivar as classes mais específicas a partir desta, nós estamos preparados para a adição de novas funcionalidades ao sistema. Se mais adiante uma nova propriedade comum tiver que ser adicionada, não precisaremos efetuar alterações em todas as classes. Basta alterar a superclasse e pronto. As classes derivadas serão automaticamente atualizadas.

Esta dica foi testada no Java 8.


Java ::: Coleções (Collections) ::: ArrayList

Como ordernar uma ArrayList de Strings em ordem alfabética usando o método sort() da classe Collections da linguagem Java

Quantidade de visualizações: 18926 vezes
Neste exemplo mostrarei como podemos ordenar um ArrayList de Strings em ordem alfabética. Para isso usaremos o método sort() da classe Collections. É importante observar que estou usando String no exemplo. Se você quiser usar objetos de suas próprias classes, elas precisarão implementar a interface Comparable.

Veja o código completo:

package arquivodecodigos;

import java.util.ArrayList;
import java.util.Collections;
 
public class Estudos{
  public static void main(String[] args){
    // cria uma ArrayList que conterá strings
    ArrayList<String> nomes = new ArrayList<>();
     
    // adiciona itens na lista
    nomes.add("Carlos");
    nomes.add("Maria");
    nomes.add("Fernanda");
    nomes.add("Osmar");    
     
    // exibe os elementos da ArrayList
    for(int i = 0; i < nomes.size(); i++){
      System.out.println(nomes.get(i));    
    }
      
    // Vamos ordenar os elementos
    Collections.sort(nomes); 
 
    // exibe os elementos da ArrayList
    System.out.println();
    for(int i = 0; i < nomes.size(); i++){
      System.out.println(nomes.get(i));
    }
 
    System.exit(0);
  }
}

Ao executarmos este código nós teremos o seguinte resultado:

Carlos
Maria
Fernanda
Osmar

Carlos
Fernanda
Maria
Osmar

Este código foi testado no Java 8.


Java ::: Coleções (Collections) ::: Stack

Java Collections - Como remover o elemento no topo de uma Stack usando seu método pop()

Quantidade de visualizações: 8063 vezes
Uma estrutura do tipo pilha (representada aqui por um objeto da classe Stack) permite que seus elementos sejam removidos sempre na ordem contrária em que foram inseridos, ou seja, o último elemento inserido é sempre o primeiro a sair. Veja no trecho de código abaixo como usar o método pop() para remover e retornar o elemento no topo da pilha:

import java.util.*;

public class Estudos{ 
  public static void main(String args[]){ 
    // Cria uma Stack de String
    Stack<String> pilha = new Stack<String>();
    
    // adiciona três elementos na pilha
    pilha.push("Cuiabá");
    pilha.push("Goiânia");
    pilha.push("Belo Horizonte");

    // remove os elementos, sempre removendo o 
    // elemento do topo primeiro
    while(!pilha.empty()){
      String elem = pilha.pop();
      System.out.println("Elemento removido: " + elem);
    }    
  } 
}

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

Elemento removido foi: Belo Horizonte
Elemento removido foi: Cuiabá
Elemento removido foi: Goiânia


C# ::: Windows Forms ::: TextBox

Como definir a cor do texto de uma caixa de texto TextBox do C# Windows Forms via código

Quantidade de visualizações: 11477 vezes
Nesta dica mostrarei como podemos usar a propriedade ForeColor da classe Control do C# Windows Forms para definir a cor do texto de um componente TextBox. Note que criei uma caixa de texto com o nome textBox1 e chamei o código que altera a cor do texto a partir do evento Click de um botão Button.

Veja o trecho de código a seguir:

private void button1_Click(object sender, EventArgs e) {
  // vamos definir o azul para a cor do texto
  textBox1.ForeColor = Color.Blue;
}



Java ::: Lista de Exercícios Resolvidos (Algorítmos Resolvidos) ::: Internet, LAN e E-Mail

Internet, Rede e E-Mail - Exercícios Resolvidos de Java - Ex. 3

Quantidade de visualizações: 6406 vezes
Pergunta/Tarefa:

Escreva um programa Java console ou GUI que peça ao usuário para informar um número de porta na máquina local. Em seguida, tente se conectar a esta porta e informe se há algum serviço sendo executado na porta informada. A entrada e saída do programa pode ser algo como:

Informe o número da posta a ser pesquisada: 3306
Há um serviço na porta informada

Informe o número da posta a ser pesquisada: 2040
Não há nenhum serviço na porta informada
Dica: A forma mais simples de realizar esta tarefa é usando a classe Socket.

Resposta/Solução:

Veja a resolução comentada deste exercício usando Java console:

package estudos;

import java.io.IOException;
import java.net.Socket;
import java.net.UnknownHostException;
import java.util.Scanner;

public class Main {
  public static void main(String[] args){
    Socket socket; // vamos declarar um objeto da classe Socket
    String host = "localhost"; // define o nome da máquina host

    // vamos pedir ao usuário que informe a porta a ser pesquisada
    Scanner entrada = new Scanner(System.in);
    System.out.print("Informe o número da posta a ser pesquisada: ");
    int porta = Integer.parseInt(entrada.nextLine());

    // vamos verificar se há algum serviço na porta informada
    try{
      socket = new Socket(host, porta);
      System.out.println("Há um serviço na porta informada");
    }
    catch (UnknownHostException e) { // não foi possível encontrar a máquina host
       System.out.println("Não foi possível encontrar a máquina host: " + e);
    }
    catch (IOException e) {
      System.out.println("Não há nenhum serviço na porta informada");
    }
  }
}

Veja que, neste exercício, podemos ter o surgimento de duas exceções: UnknownHostException (a máquina informada não pôde ser encontrada) e IOException (houve erro de entrada e/ou saída). Por esta razão, é uma boa idéia envolver o código em um bloco try...catch.


PHP ::: Dicas & Truques ::: Arquivos e Diretórios

Como ler e processar os dados de um arquivo CSV usando a função fgetcsv() do PHP

Quantidade de visualizações: 23213 vezes
Arquivos CSV são arquivos texto cujas linhas possuem valores separados por vírgulas (ou ponto-e-vírgula, dois pontos, etc). As informações contidas em tais arquivos podem ser lidas usando-se a função fgetcsv(). Esta função recebe um ponteiro para um arquivo, o tamanho da maior linha de texto no arquivo (forneça 0 se não quiser ter este limite em seu código) e o caractere de delimitação (no exemplo eu usei ponto-e-vírgula).

Observe a estrutura do seguinte arquivo CSV:

23;OSMAR J SILVA;AV. LESTE, 54;GOIANIA;GO
19;MARCOS DE PAULA;RUA L, 523;SÃO PAULO;SP


As informações deste arquivo podem ser lidas usando-se o código abaixo:

<?php
  // nome do arquivo
  $arquivo = 'dados.csv';
 
  // ponteiro para o arquivo
  $fp = fopen($arquivo, "r");

  // processa os dados do arquivo
  while(($dados = fgetcsv($fp, 0, ";")) !== FALSE){
    $quant_campos = count($dados);
    for($i = 0; $i < $quant_campos; $i++){
      echo $dados[$i] . "<br>";
    }
    echo "<br>";
  }

  fclose($fp);
?>

Ao executar este código PHP nós teremos o seguinte resultado:

23
OSMAR J SILVA
AV. LESTE, 54
GOIANIA
GO

19
MARCOS DE PAULA
RUA L, 523
SÃO PAULO
SP


C ::: Dicas & Truques ::: Matemática e Estatística

Como arredondar um valor de ponto-flutuante para cima usando a função ceil() da linguagem C

Quantidade de visualizações: 11753 vezes
A função ceil() da linguagem C é usada quando precisamos arredondar um valor de ponto-flutuante (com casas decimais) para cima. Esta função retorna o menor valor integral maior que o valor fornecido a ela. Note que, mesmo o retorno sendo um inteiro, ele virá encapsulado em um double.

Para entender o funcionamento desta função, vamos considerar o valor 4.5. Ao aplicarmos a função ceil() a este valor, o retorno será 5.0. Isso pode ser comprovado no trecho de código abaixo:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

int main(int argc, char *argv[])
{
  printf("O valor 4.5 arredondado para cima e %f", 
    ceil(4.5));
  
  printf("\n\n");
  system("pause");
  return 0;
}

Ao executarmos este código teremos o seguinte resultado:

O valor 4.5 arredondado para cima é 5.000000.

Carregar Publicações Anteriores


Quem Somos

Osmar J. Silva
Programador Freelancer
WhatsApp +55 (062) 98553-6711

Goiânia-GO
Programador Freelancer - Full Stack Developer, Professional Java Developer, PHP, C/C++, Python Programmer, wxWidgets Professional C++ Programmer, Freelance Programmer. Formado em Ciência da Computação pela UNIP (Universidade Paulista Campus Goiânia) e cursando Engenharia Elétrica pela PUC-Goiás. Possuo conhecimentos avançados de Java, Python, JavaScript, C, C++, PHP, C#, VB.NET, Delphi, Android, Perl, e várias tecnologias que envolvem o desenvolvimento web, desktop, front-end e back-end. Atuo há mais de 15 anos como programador freelancer, atendendo clientes no Brasil, Portugal, Argentina e vários outros paises.
Entre em contato comigo para, juntos, vermos em que posso contribuir para resolver ou agilizar o desenvolvimento de seus códigos.
José de Angelis
Programador Freelancer
WhatsApp +55 (062) 98243-1195

Goiânia-GO
Programador Freelancer - Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Delta, Pós graduado em Engenharia de Software (PUC MINAS), Pós graduado Marketing Digital (IGTI) com ênfase em Growth Hacking. Mais de 15 anos de experiência em programação Web. Marketing Digital focado em desempenho, desenvolvimento de estratégia competitiva, analise de concorrência, SEO, webvitals, e Adwords, Métricas de retorno. Especialista Google Certificado desde 2011 Possui domínio nas linguagens PHP, C#, JavaScript, MySQL e frameworks Laravel, jQuery, flutter. Atualmente aluno de mestrado em Ciência da Computação (UFG)
Não basta ter um site. É necessário ter um site que é localizado e converte usuários em clientes. Se sua página não faz isso, Fale comigo e vamos fazer uma analise e conseguir resultados mais satisfatórios..

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: C#
3º lugar: Delphi
4º lugar: PHP
5º lugar: Python
6º lugar: JavaScript
7º lugar: C
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: JSP (Java Server Pages)



© 2021 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados | Versión en Español | Versão em Português