Delphi - Dicas & Truques - Sistema

Mais Dicas e Truques de Programação

C ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como contar as ocorrências de um determinado caractere em uma string usando a linguagem C

Quantidade de visualizações: 9393 vezes
Em algumas situações precisamos obter a quantidade de vezes que um caractere ocorre dentro de uma string. Para isso podemos usar a função personalizada char_count(). Esta função recebe a string e o caractere que desejamos pesquisar e retorna um inteiro contendo a quantidade de vezes que o caractere foi encontrado.
Veja o código (usando apenas ANSI-C):

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Ao executarmos este código nós teremos o seguinte resultado:

Ocorrencias encontradas: 4


PHP ::: Fundamentos da Linguagem ::: Tipos de Dados

Como usar o tipo de dados object da linguagem PHP

Quantidade de visualizações: 7096 vezes
O PHP, especialmente a partir da versão 5.0, suporta a programação orientada a objetos (OOP). A programação OOP promove um design modular limpo, simplifica a depuração e manutenção e facilita a reutilização de códigos.

As classes são os pontos cruciais de um design orientado a objetos. Uma classe é uma definição de uma estrutura que contém propriedades (variáveis) e métodos (funções). Classes são definidas com a palavra-chave class:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Uma vez que uma classe é definida, qualquer número de objetos podem ser construídos a partir dela por meio do uso da palavra-chave new, e as propriedades e métodos do objeto podem ser acessadas com a construção ->. Veja:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Se quisermos saber se uma variável é do tipo object, podemos usar a função is_object(). Veja:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Ao executarmos este código PHP nós teremos o seguinte resultado:

A variável $pessoa é do tipo object.


Python ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como verificar se uma string contém apenas caracteres de espaços em Python usando a função isspace()

Quantidade de visualizações: 9213 vezes
Este exemplo mostra como como usar a função isspace() para verificar se uma string contém apenas caracteres de espaço. Se qualquer caractere, diferente do espaço, for encontrado, a função retorna False.

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Ao executar este código Python nós teremos o seguinte resultado:

A string contém apenas espaços.


PHP ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como obter parte de uma string usando a função substr() da linguagem PHP

Quantidade de visualizações: 9293 vezes
Nesta dica eu mostrarei como podemos usar a função substr() do PHP para obter uma substring a partir de uma string, ou seja, parte de uma palavra, frase ou texto. Esta técnica é muito útil em aplicações PHP que efetuam manipulação de texto.

A função substr() possui três parâmetros:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso
Veja que precisamos fornecer a string a partir da qual nós queremos obter uma parte, o índice inicial e o comprimento da parte a ser obtida.

Veja um código completo demonstrando seu uso:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Ao executar este código PHP nós teremos o seguinte resultado:

Gosto muito de programar em PHP.
Parte obtida: muito


C ::: Dicas & Truques ::: Ordenação e Pesquisa (Busca)

C para iniciantes - Como ordenar os elementos de um vetor de inteiros usando a ordenação da bolha (Bubble Sort) na linguagem C

Quantidade de visualizações: 8575 vezes
O método ou algorítmo de ordenação da bolha é uma das técnicas mais simples de ordenação. No entanto, este método não é eficiente, visto que o tempo despendido para sua execução é muito elevado se comparado à outros métodos existentes. Geralmente usamos este método quando queremos ordenar 50 elementos ou menos.

O entendimento deste método é fácil. Se estivermos ordenandos os valores do menor para o maior, o método da bolha percorre os elementos do vetor (array), comparando e movendo o menor valor para a primeira posição do vetor, tal qual bolhas indo para a superfície. Veja um exemplo completo:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

Sem ordenação:
4, 6, 2, 8, 1, 9, 3, 0, 11

Ordenados:
0, 1, 2, 3, 4, 6, 8, 9, 11


Delphi ::: Data Access Controls (Controles de Acesso a Dados) ::: TClientDataSet

Como obter a quantidade de registros em um TClientDataSet do Delphi usando a propriedade RecordCount

Quantidade de visualizações: 9130 vezes
Em algumas situações precisamos saber a quantidade de registros atualmente armazenados em um componente TClientDataSet. Para isso podemos usar a propriedade RecordCount, implementada originalmente na classe TDataSet e reimplementada na classe TClientDataSet.

Veja um trecho de código no qual usamos o evento OnClick de um botão para exibir a quantidade de registros atualmento no TClientDataSet:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Ao executar o código e clicar no botão você verá uma mensagem parecida com:

"O ClientDataSet possui 20 registros.".

Esta dica foi escrita e testada no Delphi 2009.


Java ::: Java para Engenharia ::: Geometria Analítica e Álgebra Linear

Java para Engenharia - Como converter Coordenadas Cartesianas para Coordenadas Polares usando Java

Quantidade de visualizações: 962 vezes
Nesta nossa série de Java para Geometria Analítica e Álgebra Linear, mostrarei um código 100% funcional para fazer a conversão entre coordenadas cartesianas e coordenadas polares. Esta operação é muito frequente em computação gráfica e é parte integrante das disciplinas dos cursos de Engenharia (com maior ênfase na Engenharia Civil).

Na matemática, principalmente em Geometria e Trigonometria, o sistema de Coordenadas no Plano Cartesiano, ou Espaço Cartesiano, é um sistema que define cada ponto em um plano associando-o, unicamente, a um conjuntos de pontos numéricos.

Dessa forma, no plano cartesiano, um ponto é representado pelas coordenadas (x, y), com o x indicando o eixo horizontal (eixo das abscissas) e o y indicando o eixo vertical (eixo das ordenadas). Quando saímos do plano (espaço 2D ou R2) para o espaço (espaço 3D ou R3), temos a inclusão do eixo z (que indica profundidade).

Já o sistema de Coordenadas Polares é um sistema de coordenadas em duas dimensões no qual cada ponto no plano é determinado por sua distância a partir de um ponto de referência conhecido como raio (r) e um ângulo a partir de uma direção de referência. Este ângulo é normalmente chamado de theta (__$\theta__$). Assim, um ponto em Coordenadas Polares é conhecido por sua posição (r, __$\theta__$).

Antes de prosseguirmos, veja uma imagem demonstrando os dois sistemas de coordenadas:



A fórmula para conversão de Coordenadas Cartesianas para Coordenadas Polares é:

__$r = \sqrt{x^2+y2}__$
__$\theta = \\arctan\left(\frac{y}{x}\right)__$

E aqui está o código Java completo que recebe as coordenadas cartesianas (x, y) e retorna as coordenadas polares (r, __$\theta__$):

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

Valor de x: -1
Valor de y: 1
As Coordenadas Polares são:
raio = 1.4142135623730951, theta = 2.356194490192345, ângulo em graus = 135.0

Veja que as coordenadas polares equivalentes são (__$\sqrt{2}__$, __$\frac{3\pi}{4}__$), com o theta em radianos. Sim, os professores das disciplinas de Geometria Analítica e Álgebra Linear, Física e outras gostam de escrever os resultados usando raizes e frações em vez de valores reais.


Python ::: Pillow Python Imaging Library ::: Image

Como abrir uma imagem no Pillow do Python usando a função open() do objeto Image

Quantidade de visualizações: 32 vezes
A função open() do objeto Image da biblioteca Pilow do Python é muito útil quando queremos abrir uma imagem para fins de edição ou exibição. Em sua forma mais simples este método exige apenas o caminho e nome da imagem e retorna um objeto PIL Image.

Veja um trecho de código no qual usamos a função open() para abrir a imagem e, em seguida, usamos a função show() para exibir a imagem no visualizador de imagens padrão definido em nossa máquina:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Note que o método show() do objeto Image é usado, na maioria das vezes, com o propósito de depuração de nossos códigos, já que ele cria um arquivo temporário e o envia ao visualizador padrão. Dessa forma nós podemos editar a imagem na memória e enviar para o visualizador todas as vezes que quisermos ver algum resultado.


JavaScript ::: Dicas & Truques ::: Matemática e Estatística

Como calcular Fatorial em JavaScript usando recursão - Como calcular Fatorial usando recursividade - Aprenda a calcular Fatorial usando JavaScript

Quantidade de visualizações: 15599 vezes
Embora existam várias formas de efetuar o cálculo de Fatorial, a forma mais comum é usando recursividade, ou seja, dividir a resolução do problema em partes menores e juntá-las no final.

Neste dica eu mostro como calcular Fatorial em JavaScript usando recursividade. Veja o código completo:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

O fatorial de 5 é: 120


MySQL ::: Dicas & Truques ::: Joins (Junções)

Como agrupar dados de duas ou mais tabelas no MySQL usando LEFT JOIN (ou LEFT OUTER JOIN)

Quantidade de visualizações: 13156 vezes
A junção LEFT JOIN (ou LEFT OUTER JOIN) do MySQL é usada quando queremos agrupar dados de duas ou mais tabelas e exibir todos os registros da tabela à esquerda, mesmo que não haja correspondências (match) de registros na tabela à direita.

Vamos ver um exemplo? Considere duas tabelas: jogadores e times. Um jogador pode jogar em nenhum (zero) ou um time e um time pode conter zero ou mais jogadores. Aqui a cardinalidade é de 1 x N. Comece criando a tabela de times:

Comando DDL CREATE TABLE para a tabela times:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Vá em frente e insira alguns times nesta tabela. Vamos agora criar a tabela de jogadores:

Comando DDL CREATE TABLE para a tabela jogadores:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Note que o campo id_time da tabela jogador aceita NULL, ou seja, como é possível haver jogadores sem times, devemos ser capazes de cadastrar os jogadores e só mais adiante definir o time a qual ele pertencerá. Veja:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Vá em frente e cadastre alguns jogadores (sem relacioná-los com algum time). Finalizado alguns cadastros de jogadores e times, use a instrução UPDATE para relacionar alguns jogadores com seus respectivos times (deixe alguns jogadores sem time). Veja um exemplo:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

E aqui já podemos ver um exemplo da junção LEFT JOIN. Nossa tarefa é listar o id, nome do jogador e nome do time a qual ele pertence. Mas, queremos também incluir na listagem os jogadores que ainda não possuem times (o valor do campo id_time ainda é NULL). Veja:

Este trecho de código ou resolução de exercício faz parte do Super Pack +10.000 Dicas e Truques de Programação e +500 Exercícios Resolvidos em Java, Delphi, C#, C, C++, Python, VB.NET, Golang, Pascal, Ruby, PHP, e várias outras linguagens.

Liberar Acesso

Note que o conjunto de dados retornados inclui todos os jogadores, incluindo aqueles para os quais nenhum time foi definido ainda.

Carregar Publicações Anteriores


Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: C#
3º lugar: PHP
4º lugar: Python
5º lugar: Delphi
6º lugar: JavaScript
7º lugar: C
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: Ruby

Últimos Projetos e Códigos Fonte Liberados Para Apoiadores do Site

Últimos Exercícios Resolvidos

Quem Somos

Osmar J. Silva
Programador Freelancer
WhatsApp +55 (062) 98553-6711

Goiânia-GO
Programador Freelancer - Full Stack Developer, Professional Java Developer, PHP, C/C++, Python Programmer, wxWidgets Professional C++ Programmer, Freelance Programmer. Formado em Ciência da Computação pela UNIP (Universidade Paulista Campus Goiânia) e cursando Engenharia Elétrica pela PUC-Goiás. Possuo conhecimentos avançados de Java, Python, JavaScript, C, C++, PHP, C#, VB.NET, Delphi, Android, Perl, e várias tecnologias que envolvem o desenvolvimento web, desktop, front-end e back-end. Atuo há mais de 15 anos como programador freelancer, atendendo clientes no Brasil, Portugal, Argentina e vários outros paises.
Entre em contato comigo para, juntos, vermos em que posso contribuir para resolver ou agilizar o desenvolvimento de seus códigos.
José de Angelis
Programador Freelancer
WhatsApp +55 (062) 98243-1195

Goiânia-GO
Programador Freelancer - Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Delta, Pós graduado em Engenharia de Software (PUC MINAS), Pós graduado Marketing Digital (IGTI) com ênfase em Growth Hacking. Mais de 15 anos de experiência em programação Web. Marketing Digital focado em desempenho, desenvolvimento de estratégia competitiva, analise de concorrência, SEO, webvitals, e Adwords, Métricas de retorno. Especialista Google Certificado desde 2011 Possui domínio nas linguagens PHP, C#, JavaScript, MySQL e frameworks Laravel, jQuery, flutter. Atualmente aluno de mestrado em Ciência da Computação (UFG)
Não basta ter um site. É necessário ter um site que é localizado e converte usuários em clientes. Se sua página não faz isso, Fale comigo e vamos fazer uma analise e conseguir resultados mais satisfatórios..


© 2021 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados | Versión en Español | Versão em Português